sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

EXERCÍCIOS DE ORTOGRAFIA: MAIS E MAS

Meus alunos apresentavam muita dificuldade para compreender a diferença entre a conjunção mas e o advérbio/ adjetivo mais. Por essa razão, pesquisei e adaptei esse exercício, que pode ser utilizado em diversas faixas etárias. É bem simples e ajuda a refletir sobre o uso de uma forma e outra.

1- Leia a frase abaixo:

A chegava cada vez mais perto das flores para sentir melhor o seu perfume.
a) Que expressão transmite o sentido oposto ao da expressão em destaque?
b) Assinale a palavra que tem sentido oposto ao da palavra mais.
( ) Bastante.
( ) Menos.

2- Reescreva as frases, substituindo a palavra destacada pela palavra de sentido oposto.

a) Algumas histórias foram recontadas com mais modificações.

b) Na floresta, há menos perigos que na cidade.

c) As crianças fizeram mais barulho na hora de dormir.

3- Leia o trecho abaixo:
Os alunos não se comportaram na hora do recreio, mas fizeram a lição em silêncio na aula de Português.

a) No primeiro momento (recreio), como os alunos agiram?

b) Depois, como eles passaram a se comportar?

c) Assinale a mudança ocorrida na atitude dos alunos:
( ) De comportados para não comportados.
( ) De não comportados para comportados.
( ) Não houve mudança de atitude.
d) Você acha que a palavra mas ajuda a mostrar a mudança de atitude dos alunos?

e) Qual é o significado da palavra mas?
f) Qual é a diferença de sentido e de escrita entre a palavra mas e mais?

4- Termine de escrever as frases, acrescentando uma idéia oposta.

a) O menino precisava de um pouco de sal, mas_________________
b) Eu estava com um resfriado terrível, porém _____________
c) Eu tentei não espirrar, entretanto _________________

5- Complete usando mas ou mais:

a) O menino lembrou-se da receita _______ deliciosa de todas.

b) Bati à porta da casa de madeira, _______ ninguém veio atender.

c) O lobo soprou, _______ a casa não caiu.

d) O paciente desmaiou _______ uma vez.

18 comentários:

  1. poucos exemplos,
    tem que ter mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criticar é o atributo de quem não faz.

      Excluir
  2. Ok, é só uma ponto de partida. Você (anônimo) pode ampliar ou adaptar conforme as necessidades da(s) turma(s) com que você trabalha.
    Confesso que para os meus alunos o trabalho da forma como está aí no post já foi bem puxado!

    ResponderExcluir
  3. Sou professora particular e usei esses exercícios com meu aluno..foi um sucesso, Parabéns!!

    ResponderExcluir
  4. gostei muito desta atividade, mas como tudo não é perfeito, só precisava de uma coisa, escrever as respostas nas questões e falar se tá errado ou certo

    ResponderExcluir
  5. Olá...

    Gostei muito do blog!!! Com certeza facilitou sim meu trabalho e por isso agradeço... nosso trabalho de "aprendendo a ensinar..ensinando a aprender"
    Beijos, Fernanda.

    ResponderExcluir
  6. pena nao ter as respostas nao sei se errei ou acertei, mas valeu a dica.

    ResponderExcluir
  7. Excelente!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Gostei da sugestão, vou aplicá-la nas minhas turmas.

    ResponderExcluir
  9. Muito bom!
    Parabéns pelas sugestões.

    ResponderExcluir
  10. Exelente essas sugestões, vou estudar as minhas provas por elas!!!!

    ResponderExcluir
  11. so faltaa as respostas
    obrigado

    ResponderExcluir
  12. Foi muito bom eu ter conhecido o seu blog, pois estou com dificuldades em português ... E assim estou tendo um reforço a mais com o conteúdo de seu blog

    ResponderExcluir
  13. Obrigada pela sugestão. Contribuiu p o meu trabalho.

    ResponderExcluir
  14. A aplicação da teoria e o envolvimento dos alunos nas aulas práticas deixa a aula legal http://www.youtube.com/watch?v=ufs4NEbSUxQ

    ResponderExcluir
  15. muito legal, pena que só agora que vi, mas usarei nos próximos planos de aulas.

    ResponderExcluir